Português   English   Español

Chanceler da Áustria clama por reforma da União Europeia

A União Europeia pode estar com os seus dias contados. Basta olhar para o Brexit, na Inglaterra, o fortalecimento da Liga, na Itália, a ascensão da AfD, na Alemanha, as vitórias conservadoras na Hungria, Polônia e, é claro, na Áustria.

O chanceler austríaco, Sebastian Kurz, mantém vivo o impulso de resistência à União Europeia (UE) no seu país.

O líder da Áustria declarou que o Brexit é a oportunidade perfeita para fazer mudanças sérias nos gastos da UE.

Sebastian, de 31 anos, quer reduzir o número de comissários da UE e reduzir os gastos do contribuinte com o bloco.

Ele declarou:

Se o número de comissários for reduzido dos atuais 28 para 18, com base num princípio de rotação justa, isso não só levaria a poupanças, mas também tornaria a Comissão da UE muito mais eficaz, muito mais focada.

O chanceler austríaco também se declarou contra a existência de duas sedes diferentes para o Parlamento Europeu:

É claro que não faz sentido ter dois locais para o mesmo Parlamento Europeu – Bruxelas e Estrasburgo. Sou a favor de o Parlamento Europeu estar localizado num único local no futuro.

A Áustria assume a presidência rotativa da União Europeia nos próximos meses. No que depender de Sebastian Kurz, o contribuinte austríaco vai passar a gastar menos com o financiamento do bloco europeu:

Acreditamos que o Brexit e o debate sobre o próximo quadro financeiro plurianual da UE são boas ocasiões para analisar as despesas da UE para uma abordagem mais consciente em relação ao dinheiro dos contribuintes.

 

Traduzida e adaptada de Westmonster

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter