- PUBLICIDADE -

Chanceler da Áustria encerra coalizão e pede novas eleições

Chanceler da Áustria encerra coalizão e pede novas eleições
- PUBLICIDADE -

Uma gravação escondida de 2017 derrubou a coalizão governista da Áustria neste sábado (18).

O chanceler da Áustria, Sebastian Kurz, afirmou neste sábado (18) que a coalização governista está dissolvida depois que o vice-chanceler se envolveu em um escândalo.

Kurz afirma que conversou com o presidente do país, Alexander Van der Bellen, e pediu para que novas eleições sejam convocadas assim que possível.

A aliança terminou após divulgação de uma gravação escondida envolvendo o vice-chanceler Heinz-Christian Strache. No vídeo, gravado em 2017, Strache promete contratos estatais a uma mulher que se fez passar como sobrinha de um oligarca da Rússia.

Ele faz essa oferta como uma contrapartida a uma doação que a mulher faria para a campanha eleitoral.

O dinheiro seria entregue a uma associação, para não fosse preciso informar a doação ao órgão competente, conforme estipula a lei de financiamento de partidos, informa o G1.

Strache pediu demissão depois que a revista Der Spiegel e o jornal Süddeutsche Zeitung tornaram o vídeo público.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -