- PUBLICIDADE -

Chanceler da Áustria repudia ‘ato terrorista islâmico’

“É uma luta entre a civilização e a barbárie”, diz o chanceler austríaco.

- PUBLICIDADE -

O chanceler da Áustria, Sebastian Kurz, confirmou, nesta terça-feira (3), que o ataque terrorista em Viena provocou quatro mortes na noite desta segunda-feira (2). 

Em coletiva de imprensa, Kurz classificou o atentado como um “ato terrorista islâmico”:

“Foi confirmado que o ataque de ontem foi definitivamente um ato terrorista islâmico. Foi um ataque terrorista por ódio a nossos valores fundamentais, nosso modelo de vida, por ódio à nossa democracia, na qual todas as pessoas são iguais.”

O chanceler acrescentou:

“Deve ficar claro que não se trata de um conflito entre cristãos e muçulmanos ou entre austríacos e imigrantes. Não, é uma luta entre muitas pessoas que acreditam na paz, e aqueles poucos que querem a guerra. É uma luta entre a civilização e a barbárie, e vamos travar essa luta com toda a nossa determinação.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -