Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Chanceler diz que Brasil avalia restrições à Huawei

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Chanceler diz que Brasil avalia restrições à Huawei

“É claro que tem a ver com as preocupações de segurança”, afirmou Araújo sobre o pé atrás com a Huawei.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, declarou que o governo do Brasil não fechou questão a respeito do uso de equipamentos da empresa chinesa Huawei nas redes de 5G que serão instaladas no país.

O chanceler afirmou que o Itamaraty ainda avalia se será o caso de impor uma restrição parcial ou completa à atuação da gigante tecnológica da China. A empresa enfrenta acusações de espionagem em alguns países.

O presidente norte-americano, Donald Trump, acusa a Huawei de operar uma rede de espionagem internacional a favor de Pequim.

Em entrevista à revista VEJA, Araújo afirmou:

“Queremos entender melhor quais são os eventuais problemas, diante de uma perspectiva técnica, que podem ser identificados na tecnologia da Huawei. É um trabalho que precisa ser feito, porque nós sabemos que existem preocupações americanas. Queremos entender melhor quais são elas e estamos trabalhando diretamente nessa questão.”

E acrescentou:

“Muitos outros países também têm duvidas com relação a isso, então queremos compreender a questão técnica. É claro que tem a ver com as preocupações de segurança.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email