Chanceler do Brasil ironiza críticas de Donald Trump

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O ministro das Relações Exteriores reagiu ao comentário crítico do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre as relações comerciais com o Brasil.

A crítica do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, às relações comerciais com o Brasil causou surpresa no governo brasileiro, pois a relação é vista como positiva, embora tenha ainda muito espaço para evoluir.

O norte-americano afirmou que as empresas de seu país são tratadas “injustamente” e que o Brasil está “entre os mais duros do mundo, talvez o mais duro.”

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, reagiu:

Quando é o presidente Trump quem diz que nossos negociadores são duros, vindo de quem vem, eu tomo isso como elogio.

O secretário de Comércio Exterior, Abrão Neto, informou que nos últimos 10 anos a balança comercial entre os dois países tem sido superavitária para os norte-americanos, com um saldo positivo para o país de US$ 90 bilhões.

Ele comentou:

Precisamos entender mais em detalhes o contexto e o teor dos pontos de preocupação externados pelos Estados Unidos. A relação comercial entre Brasil e EUA tem um viés positivo e crescente nos últimos anos.

 

Adaptado da fonte Estadão

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.