Chanceler dos EUA diz que Rússia convenceu Maduro a não fugir

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Uma declaração do chanceler norte-americano em entrevista à CNN está repercutindo nas redes sociais.

O Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, concedeu uma entrevista ao jornalista Wolf Blitzer, da emissora CNN, nesta terça-feira (30), onde abordou a crise sem precedentes na Venezuela.

Pompeo disse que o ditador Nicolás Maduro estava preparado para fugir para Havana, capital de Cuba, após o presidente interino Juan Guaidó anunciar a insurreição militar e popular na manhã de hoje.

Segundo o chanceler dos Estados Unidos, o governo da Rússia convenceu o líder do regime chavista a permanecer no país.

Mike Pompeo acrescentou que três membros do alto escalão da ditadura venezuelana estavam preparados para declarar apoio a Guaidó, mas desistiram após a interferência russa.

Mais cedo, o Assessor Especial de Segurança Nacional, John Bolton, citou diretamente o nome dos membros citados por Pompeo na entrevista, como noticiou a RENOVA.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.