Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Chanceler dos EUA volta a acusar Irã por ataque a petroleiros

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Chanceler dos EUA volta a acusar Irã por ataque a petroleiros

O governo norte-americano prometeu que irá garantir a livre navegação no Estreito de Ormuz, uma via chave para o petróleo.

O chanceler dos Estados Unidos, Mike Pompeo, acusou o Irã de ter atacado navios-petroleiros e derrubado um drone americano.

Em entrevista à rede CBS, neste domingo (16), Pompeo confirmou que um drone MQ-9 Reaper dos Estados Unidos caiu em 6 de junho devido ao impacto de um míssil disparado do Iêmen com a ajuda do Irã.

Pompeo não comentou que opções o governo Donald Trump está considerando para proteger o transporte marítimo ou para punir o Irã após os ataques desta semana aos petroleiros no Golfo de Omã, mas reiterou que o chefe da Casa Branca não está buscando uma guerra com aquele país.

“O que devem ter em mente é que iremos garantir a liberdade de navegação pelo estreito”, afirmou em entrevista a Fox News.

“Este é um desafio internacional, importante para todo o planeta. Os Estados Unidos irão se assegurar de realizar todas as ações necessárias, diplomáticas ou de outro tipo, para obter a liberdade de navegação”, assinalou Pompeo.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email