Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Chefe da Secom será investigado a pedido do MPF

Chefe da Secom sera investigado a pedido do MPF
Imagem: Divulgação/Secom
COMPARTILHE

Com base em reportagem da Folha, MPF pediu à PF abertura de investigação contra chefe da Secom.

Fabio Wajngarten, chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência da República, é alvo de um pedido de investigação feito pelo Ministério Público Federal (MPF). 

O órgão pediu à Polícia Federal (PF) a abertura de inquérito criminal para apurar denúncias de corrupção passiva, peculato e advocacia administrativa. 

A solicitação do MPF foi motivada com base em reportagens do jornal Folha de S.Paulo.

O periódico acusa Wajngarten de ser sócio majoritário de uma empresa que recebe dinheiro de emissoras de TV e de agências de publicidade contratadas pela própria Secom, ministérios e estatais do governo Jair Bolsonaro

Após as denúncias da Folha, Wajngarten, encaminhou uma carta ao jornal denunciando a “injuriosa, mentirosa e leviana” campanha contra ele.

“O mau jornalismo praticado pela Folha de S. Paulo se transformou em abjeta campanha persecutória, inaceitável e incompatível com que determina a ética e os bons costumes do bom e sério jornalismo”, escreveu Wajngarten, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE