- PUBLICIDADE -

Chefe do MEC nega interferência em prova do Enem

Chefe do MEC nega interferência em prova do Enem
- PUBLICIDADE -

“De maneira alguma eu terei acesso”, diz Ribeiro.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, não pretende ter acesso antecipado às provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

Durante participação em uma reunião da Comissão de Educação da Câmara, nesta quarta-feira (9), o ministro abordou o assunto:

“Eu abri mão de acessar toda e qualquer interpretação que eventualmente alguém possa dar, de uma censura prévia, ou coisa do tipo. De maneira alguma eu terei acesso às questões do Enem.”

Ribeiro completou:

“Eu falei com o corpo técnico do MEC, com meus assessores, para que eles estudassem a possibilidade, resguardando o sigilo das informações. Eles fizeram a avaliação, e após a nossa avaliação interna, entendo que hoje nós temos uma governança estabelecida pelo próprio Inep que será suficiente para que a prova avalie conhecimento dos candidatos, evitando que a seleção se baseie na visão de mundo de cada um deles.”

O exame está marcado para os dias 21 e 28 de novembro.

Na última semana, em entrevista à CNN Brasil, Ribeiro afirmou que desejava ver o Enem para evitar “questões de cunho ideológico”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -