- PUBLICIDADE -

Chefes militares da Venezuela reafirmam lealdade a Maduro

Chefes militares da Venezuela reafirmam lealdade a Maduro

- PUBLICIDADE -

Chefes militares de divisões das Forças Armadas da Venezuela subordinadas ao Ministério da Defesa, juraram lealdade ao ditador Nicolás Maduro.

Por meio de um comunicado nesta quinta-feira (24), o major-general Víctor Palacio rejeitou “categoricamente todo ato que ameace a estabilidade” da Venezuela.

O major-general Gregorio Bernal e o major-general Fabio Zavarse também ratificaram apoio a Nicolás Maduro, informa o “Valor“.

Ainda na quarta-feira (23), o ministro da Defesa, Vladimir Padrino, reafirmou sua lealdade ao líder chavista:

“O desespero e a intolerância ameaçam a paz da nação. Os Soldados da Pátria não aceitam um presidente imposto à sombra de interesses obscuros.”

O motivo destes militares estarem revalidando seu apoio a Maduro em público foi a decisão do líder oposicionista Juan Guaidó de se autodeclarar presidente da Venezuela, desafiando o regime de Maduro.

Brasil, Estados Unidos, Argentina, Paraguai e Chile foram alguns dos países que deram apoio a Guaidó.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -