Português   English   Español

Chile critica França por concessão de asilo político a ex-guerrilheiro

Chile critica França por concessão de asilo político a ex-guerrilheiro

Chile entregou uma nota de protesto à França nesta segunda-feira (5) devido à concessão de asilo político ao ex-guerrilheiro Ricardo Palma Salamanca.

O ex-guerrilheiro está foragido da Justiça do Chile desde 1996 devido ao assassinato de um proeminente senador de direita.

Na sexta-feira, o Escritório Francês de Proteção aos Refugiados e Apátridas (Ofpra) concedeu asilo a Palma Salamanca, que foi condenado à prisão perpétua pelo assassinato do senador Jaime Guzmán, um dos mentores da ditadura de Augusto Pinochet, em 1991.

A porta-voz do governo chileno, Cecilia Pérez, declarou:

A chanceler interina receberá o embaixador da França em nosso país para lhe entregar uma carta do presidente Sebastián Piñera dirigida ao presidente (Emmanuel) Macron.

E acrescentou:

A luta contra o terrorismo, contra os atos do terrorismo, nós a compartilhamos com o povo francês, com as autoridades da França.

A ministra disse ainda que Santiago solicitará ao presidente francês Emmanuel Macron “que interceda, dadas as faculdades que tem”, para que a Ofpra “revogue sua decisão”.

O ex-guerrilheiro do grupo de esquerda Frente Patriótica Manuel Rodríguez cumpria prisão perpétua quando protagonizou em dezembro de 1996, junto a outros militantes do grupo, uma fuga espetacular de helicóptero de um presídio de alta segurança de Santiago.

 

Adaptado da fonte Reuters

Deixe seu comentário

Veja também...