Chile encerra estado de emergência adotado contra Covid-19

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Governo do Chile encerra estado de emergência adotado na pandemia.

O governo do Chile encerrou, nesta sexta-feira (1º), o estado de emergência decretado na sequência da pandemia do novo coronavírus.

Assim, é encerrado o toque de recolher obrigatório imposto em todo o país desde março de 2020 por causa da proliferação do Covid-19.

Nas últimas 24 horas, o Chile registrou 895 casos, o número mais alto em seis semanas.

Segundo a emissora portuguesa RTP, a mudança pode ser vista imediatamente nas principais ruas de Santiago, a capital do país sul-americano, onde as empresas prolongaram o seu horário de abertura, que permaneceu restrito durante toda a emergência.

Durante o anúncio, o presidente chileno, Sebastián Piñera, declarou:

“Era necessário fornecer ao nosso país mais e melhores ferramentas para combater a pandemia de covid-19, permitindo a restrição da liberdade e mobilidade das pessoas por meio de medidas como quarentenas, cordões sanitários e recolher obrigatório. Esse estado de catástrofe permitiu que as Forças Armadas colaborassem no controle e supervisão das medidas de emergência que o governo teve de adotar.”

Agora, com o novo cenário, não haverá mais quarentenas regionais ou comunitárias em todo o país, embora medidas como o isolamento de positivos, contatos próximos, suspeitos e viajantes sejam mantidas, além das limitações de capacidade, dependendo da situação epidemiológica.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.