Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China acusa chanceler dos EUA de ‘conspiração vil’ no Brasil

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Brasil vira palco de embate entre embaixadores dos EUA e da China
COMPARTILHE

Brasil virou palco de um escalada na Guerra Fria entre China e Estados Unidos.

A embaixada da China no Brasil acusou Mike Pompeo, chanceler dos Estados Unidos, de liderar uma “conspiração vil” para romper as relações do regime comunista com a América Latina.

A informação é do jornal South China Morning Post, sediado em Hong Kong.

Pompeo fez uma viagem à fronteira norte do Brasil na última semana. Ele também passou por outros três países da região: Colômbia, Suriname e Guiana.

Pequim diz que objetivo da visita de Pompeo é oferecer alternativas à China para o desenvolvimento econômico, além de aumentar a pressão sobre a Venezuela, um dos principais parceiros chineses na região.

Os comentários da China sobre a visita chinesa foram feitos pelo Twitter.

A embaixada chinesa “condena fortemente palavras e ações que instiguem e rompam a relação da China com o Brasil e com outros países latinos”.

“Sua conspiração vil não vai ser bem sucedida”, acrescentou a embaixada da China.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram