- PUBLICIDADE -

China acusa EUA de ‘ignorar sofrimento’ da Palestina

China assume comando do consulado dos EUA em Chengdu
- PUBLICIDADE -

Pequim diz que Washington não se preocupa com os muçulmanos.

A China acusou os Estados Unidos, nesta sexta-feira (14), de “ignorarem o sofrimento” do povo da Palestina.

A declaração do regime comunista acontece após Washington bloquear uma reunião do Conselho de Segurança da ONU dedicada ao conflito no Oriente Médio.

A reunião pública virtual da ONU, no entanto, foi agendada para o domingo (16).

Em declaração à imprensa, a porta-voz do Ministério chinês das Relações Exteriores, Hua Chunying, considerou que o governo de Joe Biden se opõe à vontade da comunidade internacional:

“Os EUA repetem que se preocupam com os direitos dos muçulmanos […] mas ignoram o sofrimento dos palestinos.”

Os EUA, por outro lado, reafirmaram o direito de Israel de se defender dos ataques com foguetes lançados pelo grupo terrorista Hamas, que controla a Faixa de Gaza.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -