- PUBLICIDADE -

China acusa EUA de ‘lógica tirânica’ após novas sanções

China assume comando do consulado dos EUA em Chengdu
- PUBLICIDADE -

O regime comunista da China denunciou, nesta quinta-feira (27), a “lógica tirânica” dos Estados Unidos após ser alvo de novas sanções.

Empresas chinesas foram punidas após acusações do governo Donald Trump de que elas colaboravam com a militarização do Mar Meridional.

O porta-voz da diplomacia chinesa, Zhao Lijian, afirmou que as sanções dos EUA “constituem uma interferência flagrante nos assuntos internos chineses”.

“A China adotará medidas firmes para garantir os direitos e interesses legítimos de suas empresas e seus cidadãos”, advertiu Zhao.

O porta-voz ainda assegurou que as construções na região disputada não têm nenhum aspecto militar e dependem da soberania nacional, destaca o portal UOL.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -