- PUBLICIDADE -

China admite omissão de pelo menos 1,3 mil mortes por coronavírus

China censurou informações sobre coronavírus na internet por semanas
- PUBLICIDADE -

A suspeita de que o regime chinês não tem sido transparente a respeito do coronavírus aumentou nos últimos dias.

Quase 1,3 mil pessoas que morreram de coronavírus na cidade de Wuhan não foram incluídas na contagem oficial de óbitos feita pelo regime comunista da China.

Pequim disse, nesta sexta-feira (17), que a omissão aconteceu por causa de lapsos, refutando as acusações de acobertamento.

A cidade na origem da pandemia de Covid-19 registrou um acréscimo de mais 1.290 fatalidades às 2.579 contadas anteriormente até quinta-feira (16). 

Reagindo às mortes adicionais em Wuhan, a China revisou seu número nacional de mortes mais tarde nesta sexta-feira para 4.632, destaca a agência Reuters.

A revisão ocorre depois da especulação generalizada de que o número de mortes em Wuhan é consideravelmente maior do que o relatado.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -