Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China alerta Brasil sobre possível exclusão da Huawei da 5G

Tarciso Morais

Tarciso Morais

TIM instala antena 5G da Huawei para testes em Florianópolis
COMPARTILHE

A decisão do Brasil de permitir ou não que a Huawei participe do leilão 5G promete tensão nos próximos meses.

Yang Wanming, embaixador da China em Brasília, alertou o governo Jair Bolsonaro que a decisão sobre a participação da Huawei no leilão da 5G do Brasil terá um efeito amplo nas relações entre as nações.

Em entrevista por escrito ao jornal Valor Econômico, publicada nesta terça-feira (6), Wanming declarou:

“A questão não é se a Huawei vai ganhar ou não uma licitação. O que está em jogo é se um país consegue criar para todas as empresas regras de mercado e ambiente de negócios nos parâmetros de abertura, imparcialidade e não discriminação.”

O diplomata chinês descreveu o leilão do 5G no Brasil como fundamental para empresas chinesas e de outros países avaliarem a “maturidade” da maior economia da América Latina:

“Acreditamos que o Brasil saberá tomar decisões racionais, levando em consideração os interesses nacionais de longo prazo.”

O governo Donald Trump vem pressionando o Brasil e outros aliados a banir componentes da Huawei em suas redes 5G, alertando que eles facilitam o roubo de propriedade intelectual e a espionagem pelo Partido Comunista Chinês (PCCh).

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram