Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China alerta que independência de Taiwan ‘significa guerra’

China pede aos EUA anulação imediata da venda de armas a Taiwan
COMPARTILHE

A elevação de tom da China sobre Taiwan segue a mudança de governo nos EUA.

As Forças Armadas da China afirmaram, nesta quinta-feira (28), que uma declaração de independência de Taiwan “significa guerra”.

Em um comunicado, Pequim acrescentou que está se exercitando em torno da ilha para evitar “influência estrangeira”, isto é, dos Estados Unidos.

Ainda que sempre faça gestos asseverando sua posição sobre Taiwan, que é vistas pelos chineses como uma de suas províncias, a retórica militar de Pequim nunca foi tão explícita.

Em recado ao governo do novo presidente norte-americano Joe Biden, o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Wu Qian, alertou:

“Nós alertamos: quem brinca com fogo vai se queimar, e ‘independência de Taiwan’ significa guerra.”

Ao comentar sobre o envio de aviões de guerra para a região, Wu acrescentou:

“As atividades são ações necessárias para tratar da situação de segurança atual no estreito de Taiwan. São uma resposta solene à interferência externa e às provocações das forças de independência de Taiwan.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
3 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
helio
helio
1 mês atrás

Bidem e China se relacionam com as nádegas.

Valdir
Valdir
1 mês atrás

Se isso não é apenas um teatrinho, um joguinho de compadres, então estejamos preparados, porque coisas nada boas estarão acontecendo por aqui.

Romeu Pereira
Romeu Pereira
1 mês atrás

Tudo arquitetado com o Bidê. Esse foi o acordo, bidê só late para o povo acreditar que ele é contra, mas na verdade, fechou acordo com o os chineses para assumir a cadeira de presidente fraudando as eleições com a ajuda dos comunistas.