PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

China ameaça Eduardo Bolsonaro com ‘consequências negativas’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

China diz que Eduardo tem "produzido uma série de declarações infames".

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Em tom de ameaça, a embaixada da China no Brasil enviou um alerta, nesta terça-feira (24), ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). 

Na noite de segunda-feira (23), Eduardo escreveu uma série de mensagens no Twitter com alertas sobre uma possível espionagem chinesa através da tecnologia 5G

No texto, o filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que o governo brasileiro havia declarado apoio a uma “aliança global para um 5G seguro, sem espionagem da China”. 

Horas antes da resposta da embaixada chinesa, Eduardo deletou a publicação, como noticiou a RenovaMídia

Em nota oficial, a embaixada chinesa alertou: 

“Na contracorrente da opinião pública brasileira, o dep. Eduardo Bolsonaro e algumas personalidades têm produzido uma série de declarações infames.” 

E acrescentou: 

“Instamos essas personalidades a deixar de seguir a retórica da extrema direita norte-americana, cessar as desinformações e calúnias sobre a China e a amizade sino-brasileira, e evitar ir longe demais no caminho equivocado.” 

Pequim completou: 

“Caso contrário, vão arcar com as consequências negativas e carregar a responsabilidade histórica de perturbar a normalidade da parceria China-Brasil.” 

Confira a íntegra da nota da Embaixada da China em Brasília: 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.