Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

China ameaça República Tcheca por visita a Taiwan

Tarciso Morais

Tarciso Morais

China ameaça República Tcheca por visita a Taiwan
COMPARTILHE

Wang Yi, chanceler da China, avisou, nesta segunda-feira (31), que a República Tcheca “pagará caro” por causa da visita diplomática a Taiwan de uma delegação chefiada pelo presidente do senado do país europeu.

“Desafiar o princípio de ‘uma China’ é equivalente a tornar-se no inimigo de 1,4 mil milhões de chineses”, advertiu o chanceler.

O reconhecimento deste princípio é visto por Pequim como uma garantia de que Taiwan é parte do seu território.

A ilha funciona como uma entidade política soberana, apesar do Partido Comunista Chinês (PCCh) considerar que está sob a sua soberania.

O chanceler ainda alertou a República Tcheca que Taiwan é “parte inalienável” da China e que o país asiático deve “fazer com que paguem caro pela sua falta de visão e especulação política”, destaca o portal português Sic Notícias.

A delegação checa, composta por 89 pessoas, desembarcou no Aeroporto Internacional de Taoyuan, em Taipé, onde foram recebidos pelo ministro dos Negócios Estrangeiros de Taiwan, Joseph Wu.

A visita oficial de Vystrcil e de outros líderes políticos e empresariais checos está programada durar até à próxima sexta-feira, 4 de setembro, quando os representantes checos se vão reunir com as autoridades taiwanesas e participar em feiras comerciais.

Vystrcil tem esta segunda-feira programado um discurso “sobre liberdade, democracia e cooperação económica” entre os dois países, para estudantes os da Universidade Nacional de Chengchi, segundo a agência de notícias taiwanesa CNA.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM