- PUBLICIDADE -

China amordaçou médicos alertando sobre coronavírus, diz EUA

China amordaçou médicos alertando sobre coronavírus, diz EUA

Secretário disse que se um surto parecido surgisse em Taiwan ou nos EUA, ele teria sido "facilmente sufocado".

- PUBLICIDADE -

Alex Azar, secretário de Saúde dos Estados Unidos, atacou, nesta terça-feira (11), a resposta da China à pandemia de coronavírus

Durante visita a Taipei, capital da autônoma Taiwan, Azar declarou:

“O Partido Comunista Chinês teve a chance de alertar o mundo e trabalhar com o mundo na luta contra o vírus. Mas eles escolheram não fazer isso e os custos dessa escolha crescem todos os dias.”

E acrescentou:

“Acredito que não é exagero dizer que, se o vírus tivesse surgido em um lugar como Taiwan ou nos Estados Unidos, poderia ter sido sufocado facilmente; rapidamente relatado às autoridades de saúde pública, que teriam compartilhado o que sabiam com profissionais de saúde e com o público em geral.”

Segundo o portal UOL, Azar completou:

“Em vez disso, Pequim parece ter resistido a compartilhar informações, amordaçando médicos que falavam e prejudicando a capacidade de resposta do mundo.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -