Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

China analisa aumentar impostos sobre famílias com menos de 2 filhos

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Um grupo de pesquisadores universitários sugeriu a controversa ideia de criar um imposto especial para as famílias com menos de dois filhos na China, incentivando assim a natalidade.

O Xinhua Daily, jornal do Partido Comunista Chinês (PCC) da província de Jiangsu (leste), publicou um artigo de dois professores e com o título: “Aumentar a fertilidade: um novo objetivo para o desenvolvimento demográfico da China na nova era”.

Os autores do polêmico artigo sugerem criar uma taxa especial para os menores de 40 anos que não tiverem dois filhos. Esse imposto proporcionaria recursos para um fundo de apoio à maternidade.

Depois do nascimento do segundo bebê, os contribuintes poderiam pedir a restituição do imposto, além de receber uma ajuda para compensar a perda de renda devido à baixa maternidade.

A ideia recebeu inúmeras críticas nas redes sociais chinesas, com a Weibo, o equivalente ao Facebook no país.

“Se o governo quer incentivar a natalidade, por que não pensa na inseminação artificial?”, afirma um internauta.

Por causa do envelhecimento da população, a China derrubou há alguns anos sua antiga “política do filho único” e, desde 2015, os casais podem ter dois filhos.

Mas isso não serviu, por ora, para enfrentar a queda da natalidade no gigante asiático.

Com informações da AFP
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.