Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China avança ‘internet das coisas’ com lançamento de satélites

China avança 'internet das coisas' com lançamento de satélites
COMPARTILHE

O lançamento dos satélites visam melhorar e impulsionar o programa chinês de desenvolvimento da chamada Internet das Coisas.

A primeira constelação de satélites baseada no espaço é um dos principais programas aeroespaciais comerciais do “Projeto das Cinco Nuvens”, da agência aeroespacial da China.

O objetivo é acompanhar a florescente indústria aeroespacial comercial internacional suportado por um ecossistema agrupando Internet das Coisas, internet baseada no espaço, internet em nuvem, Big Data, além de Modelagem e Simulação.

Sem grande cobertura midiática, Pequim lançou, nesta terça-feira (12), os primeiros satélites de sua constelação de banda estreita Xingyun (“Internet das Coisas baseada no céu”).

Os satélites Xingyun-2 01 e o Xingyun-2 02 subiram ao espaço a bordo do foguete Kuaizhou-1A a partir de um centro de lançamento no deserto de Gobi, dentro da cidade aeroespacial Dongfeng.

Uma vez em órbita, os satélites vão se conectar entre si usando comunicação a laser trans-satélite para criar uma rede online na órbita baixa do planeta Terra, a 561 km da superfície. 

Os dois satélites estão programados para pôr em prática inovações e protocolos de comunicação via satélite ar-terra, além de fazer o monitoramento do ambiente polar, destaca o site TecMundo.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários