China bloqueia milhões de passagens por falta de crédito social

Idiomas:

Português   English   Español
China bloqueia milhões de passagens por falta de crédito social
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Sistema de Crédito Social do regime comunista da China foi usado para proibir que cidadãos comprassem bilhetes de trem 5,5 milhões de vezes. 17,5 milhões de passagens aéreas também foram bloqueadas.

No ano de 2018, a China impediu que 17,5 milhões de passagens aéreas fossem compradas porque os consumidores não tinham pontos suficientes no controverso Sistema de Crédito Social do país, estabelecido pelo Partido Comunista.

O sistema monitora o comportamento dos cidadãos chineses para pontuá-los em um ranking de confiança da cidadania que os recompensa ou, como foi nesse caso, pode puni-los.

Delitos que prejudicam a pontuação dos cidadãos chineses incluem o não pagamento de impostos ou multas, a violação de regras de segurança, as propagandas enganosas e outras penalidades, como a imposta por andar com um cachorro sem coleira.

Os dados são de um relatório anual publicado pelo Centro Nacional de Informações de Crédito Público da China. Em abril de 2018, RENOVA já alertava para os planos do regime comunista.

Curta, siga e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
SIGA A RENOVA NO TWITTER

Deixe seu comentário...

Veja também...