China busca liderança na cooperação internacional para exploração espacial

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A China está se destacando como pioneira na cooperação internacional para a exploração do espaço sideral e visa a liderança nesse setor.

Shi Zhongjun, representante da China junto à organização internacional da ONU em Viena, disse que “todos os países, independentemente de seu tamanho e nível de desenvolvimento, podem cooperar em condições de igualdade”.

A China planeja lançar ao espaço um módulo básico em 2019, e o funcionamento completo da estação espacial deverá começar em 2022. Segundo o representante, a China está pronta a ajudar outros países no desenvolvimento de tecnologia e construção de potencial espacial.

Aleksandr Zheleznyakov, membro da Academia Russa de Cosmonáutica, disse que nenhum país nunca convidou todos os membros da ONU para cooperar no espaço:

‘Primeiramente, isso mostra o nível de desenvolvimento tecnológico da China. Ela não apenas está construindo sua estação orbital como também oferece determinadas garantias relativas à qualidade de seus equipamentos’, disse.

Ele acrescentou que a China tem desenvolvido com muito sucesso a exploração do espaço. Em particular, o aspecto comercial.

Devido a uma série de parâmetros, ela já está à frente da Rússia. Já se tornou uma concorrente.

De acordo com informações da Sputnik:

Atualmente, 80 países possuem seus satélites, dos quais 10 deles podem fazer lançamentos.

A proposta da China pode ser interessante principalmente para os países que não estão envolvidos em atividades espaciais, acredita o especialista. A China tem interesse em cooperar na área cosmonáutica com a América do Sul e a África e, em especial, tem cooperado ativamente com o Brasil.

Portanto, se a China tem como objetivo o trabalho conjunto na estação orbital, isso a ajudará a desenvolver cooperação no setor cosmonáutico e econômico.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.