Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China busca soja da América do Sul pensando em 2020

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
China busca soja da América do Sul pensando em 2020

Apesar do aumento das compras da América do Sul, a China não tem planos de cancelar carregamentos de soja dos EUA.

Importadores de soja da China buscam rivais comerciais dos Estados Unidos na América do Sul para garantir a oferta de soja para o próximo ano.

O maior importador da commodity, usada na produção de óleo de cozinha e ração, já começou a comprar soja sul-americana para 2020, segundo o site Bloomberg.

Embora Pequim tenha começado a comprar alguns carregamentos há pouco mais de um mês, na semana passada importadores mostraram maior interesse por embarques de fevereiro e março.

As compras da China na América do Sul não são novidade. Agricultores do Brasil e dos países vizinhos agora são os principais fornecedores do mercado chinês durante a guerra comercial.

Mas garantir as compras com tanta antecedência é um sinal de que os clientes chineses podem estar se protegendo contra uma disputa ainda mais prolongada com os EUA.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias