China clonando cães para estudar doenças

Cientistas e ativistas estão revoltados com as notícias de que uma empresa chinesa está clonando cachorros para estudar doenças cardiovasculares.

A empresa SinoGeneclon clonou, recentemente, mais um cachorro e alterou o genoma do animal para fazer com que ele desenvolva aterosclerose.

Esta doença – uma das principais causas de acidentes vasculares cerebrais e de doenças cardíacas – foi transmitida para a cadela durante o processo de clonagem. Agora, os cientistas vão estudar o animal e avaliar possíveis curas.

Feng Chong, diretor técnico da SinoGeneclon, declarou:

Os cães partilham com os seres humanos as doenças mais hereditárias, o que os torna os melhores modelos para estudar.

A ONG de defesa dos animais PETA já se pronunciou sobre o caso em comunicado, afirmando que “a clonagem não é apenas cara, mas também intrinsecamente cruel”.

 

Com informações de: (1)

 

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia