China continua passando a mão na cabeça do ditador Maduro

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O líder da ditadura chavista está visitando Pequim, capital da China, em busca de ajuda para conter a grave crise econômica e social que assola o país da América do Sul.

O premiê chinês, Li Keqiang, disse ao ditador venezuelano, Nicolás Maduro, que o regime comunista está disposto a fornecer toda a ajuda que puder à Venezuela, relatou a mídia estatal nesta sexta-feira (14).

A China também está disposta a continuar negócios e comércios com a Venezuela, acrescentou Li.

Antes de decolar em direção à Ásia, Maduro afirmou que se tratava de “uma visita de Estado muito necessária, muito oportuna e cheia de grandes expectativas (…) para avançar em novos acordos de parceria estratégica no campo econômico, comercial, energético, financeiro, tecnológico”.

Adaptado da fonte Reuters
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações