Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

China defende OMS após críticas de Donald Trump

Tarciso Morais

Tarciso Morais

China defende OMS após críticas de Donald Trump
COMPARTILHE

“A OMS está mostrando a força do sistema de saúde internacional”, diz o regime chinês.

O regime comunista da China lançou uma intensa campanha, nesta quarta-feira (8), em defesa da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A movimentação aconteceu menos de 24 horas depois de o presidente norte-americano Donald Trump alertar a organização internacional que poderia suspender os milhões de dólares em financiamento dos Estados Unidos.

Em mensagem no Twitter, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying, escreveu:

“Como disse o porta-voz da ONU, está claro que a OMS, sob a liderança do Dr. Tedros [Adhanom], fez um tremendo trabalho contra a Covid-19. A OMS está mostrando a força do sistema de saúde internacional. Precisamos de solidariedade e cooperação para vencer a luta.”

E acrescentou:

“Deveríamos ouvir a OMS e os especialistas em epidemiologia e controle de doenças, em vez dos mentirosos habituais. A avaliação científica e profissional baseada em fatos por cientistas e especialistas deve ser valorizada e respeitada.”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.