Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China diz que declarações do premiê do Canadá são ‘irresponsáveis’

Tarciso Morais

Tarciso Morais

China diz que declarações do premiê do Canadá são 'irresponsáveis'
COMPARTILHE

A pena capital foi decretada pela Justiça da China contra um homem do Canadá acusado de tráfico de drogas no país asiático.

O regime comunista da China acusou o premiê do Canadá de declarações irresponsáveis e expressou “forte insatisfação” após Justin Trudeau ter criticado pena de morte contra canadense supostamente envolvido com tráfico de drogas.

A porta-voz do Ministério chinês das Relações Exteriores, Hua Chunying, declarou:

“Pedimos à parte canadense que respeite o Estado de direito, que respeite a soberania judicial da China, que corrija seus erros.”

O canadense Robert Lloyd Schellenberg, de 36 anos, foi condenado à pena capital nesta segunda-feira (14).

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, declarou que é “muito preocupante” que uma corte chinesa tenha condenado um cidadão canadense “arbitrariamente” à morte por acusações de tráfico de drogas.

Em entrevista coletiva, segundo o site “Destak”, Trudeau afirmou:

“É muito preocupante para nós, como governo, assim como deveria ser para todos os nossos amigos e aliados internacionais, que a China tenha decidido arbitrariamente aplicar a pena de morte em casos como este, de um canadense.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram