PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

China é acusada de promover ataque hacker contra Microsoft

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

EUA, UE e Reino Unido acusam China de ciberataque contra Microsoft.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Estados Unidos, Reino Unido e União Europeia afirmaram que grupos apoiados pelo regime comunista da China estiveram por trás do ciberataque cometido contra a plataforma de e-mail da Microsoft.

O ataque hacker ocorreu no início de 2021, afetando mais de 250 mil e-mails de todo o mundo.

O governo britânico disse que a ação hacker permitiu a espionagem em grande escala, incluindo a aquisição de informações de identificação pessoal e de propriedade intelectual.

Em um comunicado publicado, nesta segunda-feira (19), o chefe da diplomacia britânica, Dominic Raab, declarou:

“O ciberataque contra o servidor do Microsoft Exchange por grupos apoiados pela China foi temerário e seguiu um padrão de comportamento familiar.”

Raab acrescentou:

“O governo chinês deve dar fim a esta cibersabotagem sistemática [ou] pode esperar que terá que prestar contas se não o fizer.”

A União Europeia também emitiu um alerta similar, dizendo que o ataque à Microsoft está vinculado a grupos de hackers localizados no território chinês para fins de roubo de propriedade intelectual e espionagem.

Na sequência, o governo dos Estados Unidos também emitiu uma declaração acusando a China de promover ciberataques “para benefício financeiro próprio“. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.