China eleva aumento na produção de alimentos por crise do coronavírus

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“É impossível transportar verduras e outros produtos”, disse o governo de Hubei em um comunicado.

O regime comunista da China ordenou ao setor agropecuário, nesta quinta-feira (30), que aumente sua produção de alimentos o mais rapidamente possível.

A decisão foi tomada no momento em que o surto do novo coronavírus interrompe as redes de distribuição de alimentos. Segundo relatos de moradores, os preços das verduras estão bem acima do normal.

A província de Hubei vive o cenário mais complicado. Ela está isolada do resto do país, com o tráfego ferroviário suspenso, e barreiras improvisadas bloqueando todas as saídas.

A iniciativa é uma das medidas adotadas pelas autoridades chinesas para tentar conter o surto de coronavírus.

Em um comunicado nesta quinta-feira (30), segundo o jornal Folha, o governo local afirmou:

“É impossível transportar verduras e outros produtos (…) das aldeias até as cidades e é difícil repor a tempo os estoques de alimentos para o gado e para as aves de criadouro.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.