Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China espera que Brasil tenha ‘regras objetivas’ sobre 5G

Tarciso Morais

Tarciso Morais

China anuncia apoio ao processo da Huawei contra os EUA
COMPARTILHE

“Esperamos que as regras sejam objetivas, transparentes, não discriminatórias”, diz China sobre 5G no Brasil.

Qu Yuhui, ministro-conselheiro da embaixada da China, comentou, nesta quarta-feira (23), sobre a futura implementação da rede de telefonia 5G no Brasil.

Em conversa com o jornal Folha, Yuhui disse esperar que o governo brasileira tenha regras “não discriminatórias” e “transparentes“:

“Esperamos que as regras sejam objetivas, transparentes, não discriminatórias e respeitem as normas básicas do sistema econômico mundial.”

As declarações do representante chinês foram proferidas após o presidente da República, Jair Bolsonaro, comentar superficialmente sobre o 5G em discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) na última terça-feira (22). 

Na ONU, como noticiou a RenovaMídia, Bolsonaro afirmou que está aberto para desenvolver a tecnologia 5G com qualquer nação que respeite a soberania brasileira e que preze “pela liberdade e pela proteção de dados”.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram