Português   English   Español

China está ultrapassando todos os investidores na América Latina

China está ultrapassando todos os investidores na América Latina

Gigantes tecnológicas da China estão investindo ativamente no mercado eletrônico da América Latina, passando a competir em pé de igualdade em um mercado outrora dominado pelos Estados Unidos.

O regime comunista da China segue fortalecendo laços político-econômicos com investimentos significantes em nações da América Latina.

Segundo a Comissão Econômica da ONU para a América Latina e o Caribe, de 2005 a 2016, a China investiu cerca de US$ 90 bilhões na região.

Ao mesmo tempo, em 2015, as autoridades chinesas anunciaram planos de dobrar as relações comerciais com a América Latina, de 250 a 500 bilhões de dólares até 2025, informa a “Sputnik“.

Quase todas gigantes chinesas de tecnologia estão de olho no mercado latino-americano.

Por exemplo, Didi Chuxing comprou a empresa brasileira de táxis 99.

A TCL estabeleceu uma empresa comum com a Rádio Victoria, maior fabricante local de eletrônicos.

Até mesmo a Huiyin Blockchain Venture investiu no serviço argentino de pagamentos Ripio Bitcoin.

A empresa de motocicletas Mobike lançou seus serviços na Cidade do México e em Santiago.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...