China está ultrapassando todos os investidores na América Latina

Idiomas:

Português   English   Español
China está ultrapassando todos os investidores na América Latina
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Gigantes tecnológicas da China estão investindo ativamente no mercado eletrônico da América Latina, passando a competir em pé de igualdade em um mercado outrora dominado pelos Estados Unidos.

O regime comunista da China segue fortalecendo laços político-econômicos com investimentos significantes em nações da América Latina.

Segundo a Comissão Econômica da ONU para a América Latina e o Caribe, de 2005 a 2016, a China investiu cerca de US$ 90 bilhões na região.

Ao mesmo tempo, em 2015, as autoridades chinesas anunciaram planos de dobrar as relações comerciais com a América Latina, de 250 a 500 bilhões de dólares até 2025, informa a “Sputnik“.

Quase todas gigantes chinesas de tecnologia estão de olho no mercado latino-americano.

Por exemplo, Didi Chuxing comprou a empresa brasileira de táxis 99.

A TCL estabeleceu uma empresa comum com a Rádio Victoria, maior fabricante local de eletrônicos.

Até mesmo a Huiyin Blockchain Venture investiu no serviço argentino de pagamentos Ripio Bitcoin.

A empresa de motocicletas Mobike lançou seus serviços na Cidade do México e em Santiago.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque