Português   English   Español
Português   English   Español

China estimula muçulmanos a comerem carne de porco durante o Ramadã

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
China estimula muçulmanos a comerem carne de porco durante o Ramadã

Um funcionário do Partido Comunista Chinês (PCC) admitiu que Pequim impôs severas restrições às práticas do Ramadã na província de maioria muçulmana de Xinjiang.

Dolkun Isa, o chefe exilado do Congresso Uigur Mundial, disse ao jornal Voz da América, que o regime comunista da China intensificou os esforços para sufocar o Ramadã este ano.

Entre os obstáculos adotados pelos comunistas estão esforços para que muçulmanos comam carne de porco durante o mês sagrado, uma clara violação das leis islâmicas.

O regime também impôs restrições ao jejum, proibiu o uso de véus na cabeça, baniu a oração em público, entre outras coisas.

A revelação foi publicada na última quinta-feira (17), no mesmo dia em que a Rádio Free Asia (RFA), citando um novo relatório do Uyrur Human Rights Project (UHRP), informou que Pequim está implementando uma política de “imperialismo linguístico” com o objetivo de erradicar a “identidade étnica” da minoria muçulmana.

A China há muito tempo oprime a minoria uigur com a intenção de apagar sua identidade religiosa e étnica, forçando-os a prometer lealdade ao partido comunista.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!