Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China estipula cremação obrigatória de vítimas do coronavírus

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
China estipula cremação obrigatória de vítimas do coronavírus

Restos mortais não podem ser transportados entre diferentes regiões e não serão preservados por sepultamento.

As vítimas fatais do surto de coronavírus na China não podem ser enterradas onde seus parentes desejam nem mesmo terão direito a um funeral. 

O regime comunista emitiu, neste domingo (2), um protocolo rigoroso para o tratamento de cadáveres, como parte de seus esforços para controlar o surto.

Os restos mortais dos infectados terão de ser cremados em uma funerária designada e perto do local onde se encontram.

As tradições fúnebres, como cerimônia de despedida, foram devidamente proibidas pelas autoridades chinesas. 

Os corpos das vítimas precisam ser desinfetados e colocados em um saco selado por trabalhadores médicos e não podem ser abertos após a vedação. 

As funerárias devem enviar pessoal e veículos especiais para entregar os corpos de acordo com a rota designada, e esses devem ser cremados em crematórios designados.

Todas estas informações estão contidas em protocolo emitido pela Comissão Nacional de Saúde, pelo Ministério dos Assuntos Civis e pelo Ministério da Segurança Pública, informa o portal Terra.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias