Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China expande controle ao coletar milhões de amostras de DNA

China expande controle ao coletar milhoes de amostras de DNA
COMPARTILHE

Desde o final de 2017 a polícia vem percorrendo o país colhendo amostras de DNA.

As forças de segurança do regime comunista vem colhendo amostras de sangue de homens e meninos de toda a China.

O objetivo¹ é a construção de um mapa genético de sua população masculina, formada por cerca de 700 milhões de pessoas.

Dessa forma, as autoridades teriam uma ferramenta nova e poderosa para seu Estado emergente de vigilância high-tech.

Com o auxílio de banco de dados, os comunistas chineses poderão rastrear os parentes do sexo masculino de um homem, precisando apenas do sangue, saliva ou outro material genético do homem em questão.

A iniciativa faz parte de uma rede crescente e sofisticada de vigilância que a polícia chinesa está estendendo por todo o país.

Além do uso ampliado de câmeras avançadas, sistemas de reconhecimento facial e inteligência artificial, agora a genética será utilizada pelo regime para controlar a população chinesa.

Referências: [1]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários