- PUBLICIDADE -

China fez pouco para investigar origem da Covid-19, diz documento da OMS

OMS rebate Trump ao sair em defesa da China

“Pouco foi feito em termos de investigações epidemiológicas”, diz documento interno da OMS.

- PUBLICIDADE -

As autoridades da China fizeram pouco para investigar a origem do novo coronavírus nos primeiros meses da pandemia.

A conclusão foi apontada em um relatório interno da Organização Mundial da Saúde (OMS), datado de 10 de agosto de 2020. 

O jornal britânico The Guardian teve acesso ao documento. 

O texto de duas páginas relata uma viagem de especialistas da OMS à China, liderada por Peter Ben Embarek e realizada entre 10 de julho e 3 de agosto do ano passado. 

No relatório, Embarek apontou: 

“Após extensas discussões e apresentações de contrapartes chinesas, parece que pouco foi feito em termos de investigações epidemiológicas em Wuhan desde janeiro de 2020.”  

E acrescentou: 

“Os dados apresentados oralmente forneceram mais alguns detalhes do que o que foi apresentado nas reuniões do comitê de emergência em janeiro de 2020. Nenhuma apresentação em PowerPoint foi feita e nenhum documento foi compartilhado.” 

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -