China avisa EUA que não tem medo de guerra comercial

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O regime de Pequim disse ter demonstrado um comportamento sincero e fez esforços grandiosos para resolver o desequilíbrio comercial entre China e Estados Unidos.

Em declaração oficial feita pela embaixada da China em Washington, capital norte-americana, o regime chinês alertou:

China não quer uma guerra comercial com ninguém. Mas a China não tem medo e não vai recuar de uma guerra comercial. China está confiante e é capaz de encarar qualquer desafio. Se uma guerra comercial for iniciada pelos EUA, China lutará até o fim para defender seus interesses legítimos com todas as medidas necessárias.

O regime comunista liderado por Xi Jinping pediu ao governo Trump para “parar e desistir”, alertando que, ao colocar em risco as relações comerciais entre China e os EUA, Washington “terminará ferindo a si próprio”.

Horas atrás, na tarde desta quinta-feira (22), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou um memorando “mirando a agressão econômica da China”. Em comunicado, a Casa Branca informou:

O Presidente Trump orientou seu governo a considerar uma gama de ações para responder aos atos, políticas e práticas da China envolvendo a aquisição injusta e prejudicial da tecnologia dos EUA.

Com informações de: [SBS]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.