Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China impõe sanções aos EUA por apoio a protestos em Hong Kong

Tarciso Morais

Tarciso Morais

China impõe sanções aos EUA por apoio a protestos em Hong Kong
COMPARTILHE

Na semana passada, o regime comunista alertou que adotaria medidas de represália contra os EUA.

Pequim anunciou, nesta segunda-feira (2), a suspensão imediata das escalas de recuperação dos navios de guerra dos Estados Unidos em Hong Kong.

O regime comunista da China também informou que vai estabelecer sanções contra várias ONGs americanas.

A porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, Hua Chunying, disse que as medidas foram adotadas como resposta à aprovação de uma lei em Washington que apoia as manifestações pró-democracia que abalam Hong Kong há seis meses.

Pequim considera o texto aprovado pelo Congresso dos EUA uma interferência nos assuntos internos do país.

Como resposta, de acordo com Chunying, o regime decidiu “suspender as demandas de visita de recuperação dos navios de guerra americanos, informa a agência AFP.

Navios militares americanos atracam regularmente em Hong Kong, em visitas que permitem aos marines um período de recuperação na ex-colônia britânica.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram