Português   English   Español
Português   English   Español

China isola novas regiões ao ver coronavírus perto de Xangai

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Espanha registra 1º caso de coronavírus

Xangai é a cidade mais populosa do país. China tenta evitar a expansão do coronavírus por lá.

A China adotou, nesta terça-feira (4), novas medidas de confinamento que afetam milhões de pessoas em regiões próximas a Xangai.

Xangai é o coração econômico do país. O objetivo do regime é impedir o avanço da epidemia de coronavírus, que segue em propagação e já matou mais de 490 pessoas.

A quarentena está afetando quase 12 milhões de moradores em várias cidades do território chinês — uma delas fica a apenas 175 km da metrópole de Xangai, informa o site UOL.

Até agora, mais de 56 milhões de pessoas estavam confinadas na província de Hubei, considerada o epicentro da epidemia do novo coronavírus.

O número de vítimas fatais na China continental já é superior às provocadas há quase duas décadas pela Síndrome Respiratória Aguda Severa (SARS). 

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: