- PUBLICIDADE -

China mira infraestrutura eleitoral dos EUA com ataques cibernéticos

China usa grupos hackers para implementar espionagem digital

“Haverá consequências graves para qualquer país que tentar interferir em nossas eleições”, diz EUA.

- PUBLICIDADE -

O assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, Robert O’Brien, afirmou, neste domingo (9), que hackers ligados ao regime comunista da China têm como alvo a infraestrutura eleitoral nos Estados Unidos antes da eleição presidencial deste ano.

Em entrevista ao programa “Face the Nation”, da emissora CBS, O’Brien declarou:

“Eles gostariam de ver o presidente perder. A China — como a Rússia, como o Irã — eles se envolveram em ataques cibernéticos e phishing e esse tipo de coisa com relação à nossa infraestrutura eleitoral, com relação a sites e esse tipo de coisa.”

O’Brien afirmou que os EUA têm visto hackers tentarem se infiltrar em sites governamentais, que são responsáveis por administrar as eleições em nível local, e coletar dados sobre norte-americanos.

“É uma preocupação real e não é apenas a Rússia. Haverá consequências graves para qualquer país que tentar interferir em nossas eleições livres e justas.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -