China oculta quase US$ 400 bilhões de dívidas de várias nações

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Partido Comunista oculta quase US$ 400 bilhões de dívidas de vários países.

A nova rota da seda elevou a dívida de países pobres com a China para US$ 385 bilhões.

O valor inclui uma “dívida oculta”, que está ausente nos balanços dos países, de acordo com dados do FMI e do Banco Mundial

A descoberta é resultado de um estudo de quatro anos da AidData, que encontrou 42 nações de renda baixa a média com dívidas superiores a 10% do PIB.

A Belt and Road Initiative (BRI), carro-chefe do presidente Xi Jinping, prevê projetos em rodovias, portos e gasodutos.

De acordo com o estudo, há empréstimos feitos a 165 países, parte deles considerados de alto risco, que estariam permitindo uma “diplomacia das dívidas”, forçando os governos devedores a ceder propriedade ou controle dos principais ativos a Pequim.

Em uma descoberta separada, segundo o jornal Estadão, a AidData ainda mostrou que Pequim estava emprestando desproporcionalmente a países que tiveram um desempenho ruim em medidas convencionais de solvência, em contraste com outros credores internacionais, mas exigiam taxas de juros muito mais altas com períodos de reembolso mais curtos.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.