Português   English   Español
Português   English   Español

China pede aos EUA anulação imediata da venda de armas a Taiwan

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
China pede aos EUA anulação imediata da venda de armas a Taiwan

Pequim considera Taiwan parte de seu território. A ilha não é reconhecida como um Estado independente pela ONU.

A China pediu, nesta terça-feira (9), ao governo dos Estados Unidos que “anule imediatamente” o projeto de venda de US$ 2,2 bilhões em armas a Taiwan.

O acordo comercial inclui a venda de tanques de combate e mísseis antiaéreos. O Congresso norte-americano tem 30 dias para apresentar uma objeção à venda.

Segundo a agência AFP, o porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Geng Shuang, declarou:

“A venda de armas dos Estados Unidos a Taiwan viola seriamente o princípio de uma só China […] interfere gravemente nos assuntos internos da China e prejudica sua soberania e interesses de segurança.”

E acrescentou:

“A China pede aos Estados Unidos que anule imediatamente este projeto de venda de armas a Taiwan e interrompa qualquer vínculo militar entre Taiwan e Estados Unidos.”

A iniciativa de venda acontece em um momento de tensão entre China e EUA, que protagonizam uma guerra comercial desde o ano passado.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Pátria Educadora. Garanta sua vaga!