Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China pode estar escondendo gravidade do surto de coronavírus

Tarciso Morais

Tarciso Morais

China pode estar escondendo gravidade do surto de coronavírus
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

Apenas na cidade de Wuhan, pesquisadores estimam cerca de 1.723 infectados.

Um novo surto do perigoso coronavírus aflige a China desde a reta final de 2019.

Um grupo de pesquisadores do centro de pesquisas na Imperial College de Londres, no Reino Unido, estima que o número de infectados pode ser bem maior.

De acordo com os especialistas, a cidade onde os primeiros casos foram registrados, Wuhan, deve ter cerca de 1.723 casos, contra os 198 informados pelo regime comunista chinês.

A estimativa levou em consideração dados obtidos até o dia 12 de janeiro.

Ao todo no país, de acordo com informações oficiais do regime, cerca de 300 casos foram confirmados, com 6 mortes registradas.

Como de costume, o regime em Pequim tem centralizado a divulgação de informações a respeito dos casos de pneumonia causados pelo vírus.

Apesar de o mandatário chinês Xi Jinping ter determinado que os órgãos governamentais divulguem informações sobre o vírus e contribuam com órgãos internacionais, relatos de familiares doentes e informações sobre o vírus estar se espalhando foram alvo de censura, informa o jornal Folha.

Oito pessoas foram “tratadas de acordo com a lei” após compartilhar conteúdo sobre a doença em redes sociais, como a Weibo, uma plataforma chinesa similar ao Twitter, segundo informações da emissora estatal (CCTV).

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram