Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

China pretende ampliar investimentos no Brasil

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
China pretende ampliar investimentos no Brasil

Empresários da China estão interessados em conhecer e participar de novos investimentos no Brasil, especialmente no setor de obras e projetos de infraestrutura.

A informação foi repassada na última quinta-feira (27) pelo embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, durante o Fórum de Think Tanks China-Brasil.

O evento, realizado na Embaixada da China, em Brasília, discutiu as oportunidades de negócios existentes no Brasil, que podem ser integrados à Nova Rota da Seda, programa de investimentos chineses previsto para as próximas três décadas. O programa engloba financiamentos de centenas de bilhões de dólares.

O embaixador Wanming disse estar muito otimista com o futuro das relações de seu país com o Brasil, e ressaltou que a visita do presidente da República, Jair Bolsonaro, à China, prevista para este ano, dará mais motivos para o fortalecimento das relações entre os governos chinês e brasileiro.

De acordo com o embaixador, os empresários chineses terão oportunidade de conhecer melhor as oportunidades de investimentos no próximo dia 9 de maio, quando se reunirão com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, para tomar conhecimento sobre os planos de privatização e licitação de projetos de transportes a serem realizados pelo governo brasileiro.

Wanming lembrou que as relações entre Brasil e China já duram 45 anos. Os dois países, segundo ele, podem celebrar grandes avanços nos planos político, econômico, cultural e esportivo.

“Em 2018, o volume de trocas comerciais entre China e Brasil superou US$ 100 bilhões”, afirmou o embaixador, segundo a agência EBC.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email