PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

China proíbe exibição de filme do diretor Quentin Tarantino

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A empresa que patrocina o longa no país asiático estaria tentando convencer o diretor a alterar o filme.

O longa “Era uma vez em Hollywood“, do diretor Quentin Tarantino, não poderá ser exibido nas salas de cinema da China, segundo reportagem do site The Hollywood Reporter.

A causa da proibição teria sido um apelo feito pela filha de Bruce Lee à Administração Nacional de Cinema da China. Segundo a publicação, ela não teria gostado da forma como seu pai foi retratado no filme.

Amigos do ator morto no ano de 1973 também protestaram contra a representação criada por Tarantino, alegando que Lee não se comportava da forma como ele é retratado no filme.

Ainda de acordo com a reportagem, o filme já havia sido aprovado pelo regime comunista em Pequim para ser exibido a partir de 25 de outubro, mas os reguladores acabaram recuando pouco tempo depois.

Até o momento, não houve explicação das autoridades responsáveis pela aprovação do filme na China, registra o jornal Folha.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.