- PUBLICIDADE -

China punirá empresas que cumpram sanções de Trump

China assume comando do consulado dos EUA em Chengdu

Setor de tecnologia chinês é o principal alvo das sanções. País espera mais medidas dos EUA.

- PUBLICIDADE -

O regime comunista da China anunciou, no último sábado (9), que punirá companhias que cumpram as sanções internacionais impostas pelo governo dos Estados Unidos.  

De acordo com o Ministério do Comércio do país, novas regras foram introduzidas para “combater a aplicação extra-territorial injustificada” das leis estrangeiras. 

Bert Hofman, diretor do Instituto da Ásia Oriental da Universidade Nacional de Cingapura, disse que a nova lei prevê ainda que as empresas prejudicadas pelas sanções possam entrar com ações judiciais nos tribunais chineses: 

“Pessoas jurídicas prejudicadas pela aplicação da legislação estrangeira podem emitir processos judiciais e reivindicar indenização pelos danos causados.  O governo também pode tomar outras contramedidas.” 

Dessa forma, a China segue implementando medidas para combater as sanções impostas ao país e às empresas chinesas.   

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -