Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China punirá empresas que cumpram sanções de Trump

China assume comando do consulado dos EUA em Chengdu
COMPARTILHE

Setor de tecnologia chinês é o principal alvo das sanções. País espera mais medidas dos EUA.

O regime comunista da China anunciou, no último sábado (9), que punirá companhias que cumpram as sanções internacionais impostas pelo governo dos Estados Unidos.  

De acordo com o Ministério do Comércio do país, novas regras foram introduzidas para “combater a aplicação extra-territorial injustificada” das leis estrangeiras. 

Bert Hofman, diretor do Instituto da Ásia Oriental da Universidade Nacional de Cingapura, disse que a nova lei prevê ainda que as empresas prejudicadas pelas sanções possam entrar com ações judiciais nos tribunais chineses: 

“Pessoas jurídicas prejudicadas pela aplicação da legislação estrangeira podem emitir processos judiciais e reivindicar indenização pelos danos causados.  O governo também pode tomar outras contramedidas.” 

Dessa forma, a China segue implementando medidas para combater as sanções impostas ao país e às empresas chinesas.   

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE