Português   English   Español
Português   English   Español

China reforça censura online sobre coronavírus

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Washington Post e Guardian na lista de censura da China

A censura na China tem se intensificado sob o governo do presidente Xi Jinping.

A epidemia de coronavírus segue testando os limites da liberdade de expressão nas redes sociais altamente censuradas na China.

Na semana passada, a Administração do Ciberespaço da China (CAC) anunciou que havia punido alguns sites, aplicativos e contas de mídia social por publicar conteúdo ilícito sobre o vírus. 

O órgão do regime comunista disse que as punições visavam promover um “bom ambiente online” em meio aos esforços do país para conter a epidemia.

Um alerta divulgado pela CAC pediu a veículos jornalísticos que elevassem o controle sobre “informações e boatos prejudiciais” relacionados ao vírus.

O órgão também pediu que os jornais se limitassem a divulgar informações da mídia oficial, como a Xinhua e o People’s Daily.

Algumas matérias investigativas publicadas por meios de comunicação locais de Wuhan também foram excluídas da internet chinesa, informa o portal Terra.

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: