Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

China reteve informações cruciais sobre o coronavírus

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

China também não revelou que o vírus poderia ser transmitido entre humanos mais de duas semanas após a descoberta.

Uma investigação da Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que o regime comunista da China reteve informações importantes sobre o coronavírus por semanas.

A ação de Pequim teria atrasado o preparo da comunidade internacional contra a pandemia, que já ceifou centenas de milhares de vidas.

Os documentos internos¹ da OMS revelam que as autoridades chinesas falharam em compartilhar o mapa genético do vírus por mais de uma semana após a decodificação.

O regime comunista também não revelou que o vírus poderia ser transmitido entre humanos mais de duas semanas após a descoberta.

De acordo² com o portal Business Insider, o Instituto de Virologia de Wuhan decodificou o vírus em 2 de janeiro, mas os detalhes da descoberta só foram revelados no dia 12 de janeiro.

Com relação a transmissão do vírus, Pequim avisou a OMS e outros governos apenas no dia 20 de janeiro.

Referências: [1][2]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email